quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Bordeline

Odelesca vai fresca pela estrada, folheia a caras, mal diz a vida das louras da revista.
-Estas burgessas, andam a esticar a pele dos joelhos e eu aqui a esticar quilómetros.
E dizem que têm pinta. Vão de avioneta para o Algarve as peruas. – murmura enquanto abre pisca para mudar de faixa. -A pouco e pouco elas vão.
Costumava monologar com ligeireza de pensamento e nessas alturas, quem estivesse atento e bem colocado, podia ver perfeitamente os lábios a mexer.
-Ah vão, vão. O noivo é bem giraço, entrou na novela do Espelho de água ou na outra da ceguinha. Se me convidassem para um casamento destes, ia primeiro à despedida do solteiro …
Enquanto se prepara para a portagem vai fazendo contas de cabeça e previsões:
-O meu aniversário calha num dia de semana.
Antecipa o dia seguinte no escritório:
- Encarar o filho do patrão. É dose. Não tenho paciência para toninhos.
Os colegas:
-Aceitam 50% os cagadinhos. O rabinho é deles, eles é que sabem. E não respinga.
Reabre a revista:
E as palmeiras? Isto, só de piscinas tem 5, e qual delas a maior.
A associação de ideias leva-a para o Verão:
Dez dias. Dez dias de férias.
Nisto, toca o celular. Olha o visor. De novo o puto deprimido. Começava a ficar farta de lhe dar colo.
Leu a sms. Um smile com a pergunta keres ir ao cinema?
Este tipo de proposta era boa nos anos 80. Como era eu nos anos 80? Tinha bons e bem privados orgasmos. Hoje em dia, estou uma desbragada. Uma vida de bordel. Agora só me faltava mesmo era desmamar este madraço. Coitado, é bom rapaz.
Enquanto pensa nele, agita-se no banco, coça a cabeça, ajeita o cabelo.
-A minha vida é uma Guerra e Paz. Vamos a isto, diz em voz alta tirando umas sabrinas do saco das compras e descalçando as botas de biqueira de aço que lhe começavam a fazer bolhas.

4 comentários:

Sete Luas disse...

Ha ha ha! Que inspiração!
Olha que eu acho que me cruzei com essa Odelesca na autoestrada... Ia-se espetando contra mim! É o que dá ir a ler a Caras e a conduzir!!!

Anónimo disse...

Brilhante!
Parabéns ao romancista de cordel.
Pena que não passes na TV.
AAA

o coincidências disse...

Gostei!

Anónimo disse...

Esta odelesca representa o retrato de muito do mulherio.....
Gostei! Estás iluminado de ima ginação e criatividade. quero mais:))e saber o que acontece no final do dia da Odelesca.

Aspásia, a Cortesã